O mangue invade São Paulo

Posted in 1 with tags , , , on 4 de fevereiro de 2010 by fullarsenal

O Itaú Cultural hospeda a partir desta quinta, 4, a Ocupação Chico Science, que abordará a trajetória do músico, contextualizando-a na realidade cultural e social de Recife, na última década do século XX.

Um dos principais objetivos do projeto organizado pelos núcleos de Música e de Comunicação do instituto foi o de focar no universo criativo no qual o cantor estava submetido, envolvendo das artes plásticas às referências musicais de Science. No ambiente, o grafite em uma das paredes, arte tão característica do universo urbano, aborda uma representação do mangue, junto às antenas comumente citadas na poética do cantor (conectando “as boas vibrações dos mangues com a rede mundial de circulação de conceitos pop”, como está escrito no manifesto Caranguejos com Cérebro). Os desenhos de chips no chão do local fazem alusão à tecnologia também sempre abordada por Science. Fotos pessoais, vestimentas, cadernos de anotações, óculos, cartazes de shows importantes na carreira de Chico Science e Nação Zumbi e credenciais de apresentações são alguns dos itens que integram a mostra, aproximando o público de materiais pessoais do cantor e dos momentos marcantes de sua vida.

Uma linha do tempo feita pelo produtor Paulo André, que, além de ser amigo de longa data da turma, acompanhou profissionalmente a banda, foi disposta em um espaço próximo ao da HQ (exposta em tamanho grande) feita pela dupla Dolores e Morales para o encarte do álbum Da Lama ao Caos (1994). O manifestoCaranguejos com Cérebro, escrito por Fred Zero Quatro, do Mundo Livre S/A, cujo trecho foi citado acima, foi também estampado em uma das paredes.
Entre os itens que deram bastante trabalho para serem instalados está uma réplica do Landau de Science, que abre a Ocupação. Segundo Ana de Fátima Sousa, gerente de Comunicação do Instituto, a exibição do carro é fundamental, pois mostra a composição estética do cantor. “Ele criava um personagem não só pro palco, mas também para andar no meio da rua”, explica, em entrevista ao site da Rolling Stone Brasil. No porta-malas do veículo foi colocada uma televisão que exibe clipes, documentários e trechos de shows do grupo, tudo em um ambiente que simula a Soparia, de Roger de Renor (agitador cultural de Pernambuco), que era um dos points da turma de Science. No mesmo local, será possível ouvir uma mixagem feita pelo DJ Dolores, que retoma as principais influências musicais de Chico e dos outros “mangueboys” durante a época.

Para a realização da exposição, que é a primeira deles com a temática musical, o Itaú Cultural contou com intensa colaboração dos familiares e amigos mais próximos do cantor, entre eles, Goretti França (sua irmã), Jorge du Peixe, Helder Aragão (Dolores), Hilton Lacerda (Morales) e o produtor Paulo André. Louise Tainá, a filha de Science, hoje com 18 anos, também auxiliou na escolha dos objetos que estão sendo exibidos na mostra. “Os organizadores conseguiram agregar várias pessoas que conviveram com a cena musical e que conviviam com Chico. Pessoas de outros campos da arte que influenciaram e que foram influenciadas”, diz Goretti. “Acho que isso é a beleza máxima da Ocupação.”

Ocupação Chico Science
De 4 de fevereiro a 4 de abril (de terça a sexta, das 10h às 21h; Sábs., doms. e feriados, das 10h às 19h)
Itaú Cultural (Avenida Paulista, 149)
Entrada franca

Guns N’ Roses em território Palmeirense

Posted in Shows with tags , , , , on 12 de janeiro de 2010 by fullarsenal

Todos ansiosos para terminar a espera de 9 anos para ver um show do Guns N’ Roses e boatos dão conta de que Axl Rose e companhia vão subir ao palco montado no estádio Parque Antártica, no dia 13 de março, segundo confirmou a produtora Time For Fun.

Mas prepare seus bolsos, porque ainda houve divulgação sobre preços dos ingressos.

A empresa informou ainda o adiamento da pré-venda para o show em Brasília, aberta nesta segunda-feira. A Time For Fun garantiu que os fãs que já compraram os bilhetes têm os direitos resguardados e que não haverá qualquer modificação, seja de preço, data ou local do show na capital federal do dia 7 de março.

Agora é só esperar.

Lady GaGa arrasando na primeira semana do ano

Posted in música with tags , , , on 4 de janeiro de 2010 by fullarsenal

Ela está com tudo e não está prosa. Lady GaGa está em número um na primeira lista das músicas mais vendidas em 2010 no Reino Unido . O ranking contempla os dados da última semana de dezembro até o primeiro domingo de janeiro, dia 3.

A música Bad Romance, de Lady Gaga, ficou pela segunda semana seguida em primeiro lugar, seguido de Joe McEldry, vencedor do reality show musical X Factory, com a música The Climb.

Além do primeiro lugar na semana, Lady Gaga também obteve o single mais vendido em 2009, com Poker Face, e o segundo disco mais vendido, com The Fame, de acordo com os dados da Official Charts Company.

Confira a lista completa dos 10 top singles do Reino Unido na primeira semana do ano:

1. Lady Gaga – Bad Romance
2. Joe McElderry – The Climb
3. Black Eyed Peas – Meet Me Halfway
4. Ke$ha – Tik Tok
5. Cheryl Cole Ft Will I Am – 3 Words
6. 30H3 Ft Katy Perry – Starstrukk
7. Journey – Don’t Stop Believin
8. Rihanna – Russian Routlette
9. Robbie Williams – You Know Me
10. Chipmunk Ft Talay Riley – Look For Me

Stone Temple Pilots, Pearl Jam e Lady GaGa, não juntos, mas aqui!

Posted in Sonzera with tags , , , , , , , , , , , , , on 8 de dezembro de 2009 by fullarsenal

Muitas notícias boas (e bizarras também) aqui no blog Estereo.

Scott Weiland, novo/velho vocalista do Stone Temple Pilots, entrou no clima de final de ano e lançou uma canção natalina . “Have yourself a merry little Christmas” já está disponível para download no iTunes. Weiland já havia apresentado a música no programa de TV americano “The tonight show with Jay Leno”, em 2006.

Mas para quem não sabe, a canção ficou conhecida na voz de Judy Garland em 1944, quando fez parte do repertório do muscial “Meet me in St. Louis”. De lá para cá, Bob Dylan, Tori Amos, The Pretenders, Coldplay, Sarah McLachlan, Bright Eyes e Aimee Man também já gravaram versões.

mas as novidades sobre o STP não param por aí! De acordo com a revista “Spinner”, o Stone Temple Pilots adiou recentemente shows marcados para dezembro de 2009 e janeiro de 2010, para que pudesse terminar as gravações do tão aguardado álbum de retorno do grupo.O disco está sendo produzido pelo famoso produtor Don Was, que já trabalhou com nimguém menos que os Rolling Stones e Iggy Pop, entre outros.

Pearl Jam

Tirem suas camisas de flanela do armário! O Pearl Jam vai fazer uma turnê pela Europa em junho de 2010, segundo informou o site da  “Billboard”. Até agora, apenas sete cidades vão poder ver Eddie Vedder e companhia, mas a banda já confirma outros quatro shows, que ainda serão anunciados.

A série de apresentações vai começar no dia 22 de junho, em Dublin, na Irlanda, e seguirá por Belfast , Londres (Inglaterra), Berlim (Alemanha), Arras (França), Werchter (Bélgica) e Oeiras (Portugal). Ainda não se sabe quais bandas farão os shows de abertura.

As apresentações europeias farão parte da turnê no mais recente álbum da banda, “Backspacer”, lançado em setembro deste ano, e que estreou em primeiro lugar na tradicional parada musical da “Billboard”.

Na noite do último domingo (8), o vocalista Eddie Vedder fez uma aparição suepresa na Casa Branca, durante a entrega do 32º Kennedy Center Honors, dado a personalidades que contribuíram para a formação da cultura americana por meio das artes. Este ano, os homenageados foram o ator Robert De Niro e o cantor e compositor Bruce Springsteen.

Lady GaGa

E ela não para! Lady Gaga se apresentou para a rainha Elizabeth II e seu marido, o príncipe Philip, durante a Royal Variety Performance na noite de segunda-feira (7). O evento anual da família real britânica – que tem o objetivo de arrecadar fundos para artistas – ocorreu na Opera House de Blackpool, na Inglaterra.

Em entrevista ao jornal “The Mirror”, GaGa disse ter sido instruída a evitar a “cena do suicídio”, parte de seus shows em que a artista finge se esfaquear.

imaginem a cara da Rainha ao ver essa cena?

Chico Buarque nas cabeças

Posted in música with tags , , , on 30 de novembro de 2009 by fullarsenal

Nossa cultura é tão vasta, que um músico se destaca mais que autores famosos. Chico Buarque, Milton Hatoum e Rubem Fonseca estão entre os autores mais lembrados hoje por estudiosos de literatura brasileira no exterior, à frente de nomes como Euclydes da Cunha (1866-1909) e Manuel Bandeira (1886-1968).

Esse é um dos resultados iniciais de um mapeamento sobre como a produção literária do Brasil é recebida em outros países.

Os coordenadores da pesquisa, Felipe José Lindoso e Claudiney Ferreira, enviaram, desde 2007, questionários para mais de mil tradutores, pesquisadores e professores que se dedicam à literatura brasileira no exterior. Até o momento, 108 especialistas, com atuações em países como EUA (46%), Inglaterra (10,8%), França (9,7%) e outros, responderam.

Machado de Assis ainda é o autor mais citado pelos estrangeiros, mas a pesquisa mostra um aumento no interesse pela literatura produzida a partir dos anos 80. Quase 70% dos entrevistados têm interesse na produção contemporânea; só 5% disseram não ter (o restante não informou).

A falta de empenho do governo na criação de uma entidade para divulgar a literatura brasileira -algo como o Instituto Goethe, da Alemanha, e o Cervantes, da Espanha- está entre os principais problemas identificados. A maioria dos tradutores, por exemplo, nem sabia que poderia pedir apoio à Fundação Biblioteca Nacional.

 

A queridinha do Soul arrebenta no Brasil

Posted in Resenhas with tags , , on 25 de novembro de 2009 by fullarsenal

Talvez tenha sido o calor, talvez tenha sido o feriado, mas o fato é que a Arena Multiuso, que hoje abriga mais shows do que esportes, estava com apenas metade de sua capacidade preenchida. Com abertura da nova febre da MPB, Maria Gadú, a noite do dia 21 de novembro fez com que as pessoas se deslocassem para a (ainda) longínqua Jacarepaguá. Cerca de 9 mil pessoas estavam presentes na Arena HSBC, à espera da queridinha do soul, Joss Stone, que veio ao Brasil para divulgar seu novo disco, “Colour Me Free”, lançado recentemente.

Com uma banda afinadíssima, e três backing vocals poderosos, Joss entrou no palco descalça como o habitual e vestida de branco, assim como toda sua banda e cantou por cerca de uma hora e quarenta minutos. A inglesa abriu o show com um vocalize e logo depois emendou com o hit  de sua estreia, “Super Duper Love”, de seu primeiro disco,  “The Soul Sessions”. O som da casa deixou um pouco a desejar, estando muito baixo, e sendo alvo de reclamações por parte da plateia. O calor fez Joss deixar o palco para se refrescar um pouco, e boatos dão conta de que a cantora passou mal devido aos mais de 30 graus que faziam no Rio de Janeiro. O setlist não foi completo, mas a cantora mesclou músicas de seus três discos anteriores, e ainda contou com a participação de seu backing vocal para cantar a canção “Stalemate”, de seu último álbum.

A turnê brasileira de Joss Stone passou por São Paulo, no domingo, e termina nesta segunda-feira, em Curitiba.

Setlist:

01. “Super Duper”
02. “Girls”
03. “Free Me”
04. “Parallel Lines”
05. “Music”
06. “Put Your Hand”/ “Got The Felling”/ “Baby Baby Baby”
07. “4 & 20
08. “Incredible
09. “Fell In Love
10. “Tell Me What We Gonna Do Now
11. “It Could Have Been You”
12. “You Had Me”
13. “Tell Me About It”
14. “Right To Be Wrong”

Extras:

15. “Govermentalist”
16. “Lady”
17. “I Believe In My Soul”
18. “You Got The Love”
19. “Girlfriend On Demand”
20. “Big Ol’ Game”
21. “Stalemate

Strokes e boa notícia para os músicos

Posted in 1 with tags , , , , on 17 de novembro de 2009 by fullarsenal

Strokes número um

“Is This It”, álbum lançado em 2001 e que marcou a estreia do Strokes, foi eleito o melhor disco da década pelo semanário especializado em música NME.

Para estabelecer um ranking dos 50 discos mais significativos da década, a revista ouviu músicos, produtores, compositores e presidentes de gravadoras.

O também disco de estreia do Libertines, “Up The Bracket”, lançado em 2002, aparece em segundo lugar na lista, seguido por “Xtrmntr”, do Primal Scream. Em quarto lugar ficou o primeiro disco do Arctic Monkeys, “‘Whatever People Say I Am, That’s What I’m Not”, lançado em 2006.

 

 

Boa notícia para os músicos

O deputado Carlos Giannazi, Coordenador da Frente Parlamentar em Defesa dos Músicos e Compositores do Estado de São Paulo, anunciou nesta semana a decisão do Tribunal Regional Federal da 3ª Região que proíbe a Ordem dos Músicos do Brasil (OMB) de fiscalizar os músicos bem como exigir a inscrição na entidade.

O Acórdão garante aos músicos do estado de São Paulo o direito de exercício da profissão, sem necessidade de prova, inscrição na OMB e sujeição ao regime disciplinar específico. O Acórdão destaca, entre outros pontos, que “a Lei nº 3.857/60 não exige o registro na OMB de todo e qualquer músico para o exercício da profissão, mas apenas dos que estão sujeitos à formação acadêmica sob controle e fiscalização do Ministério da Educação”.

“De agora em diante os músicos do estado de São Paulo não podem mais ser fiscalizados pela OMB e nem tampouco ter a obrigatoriedade da inscrição na mesma”, disse Giannazi em seu pronunciamento na Assembléia Legislativa de São Paulo.

Giannazi fez também uma representação no Ministério Público Federal pedindo a suspensão de vários artigos da Lei 3857/60 – que criou a Ordem dos Músicos do Brasil. Depois de julgada pelo Supremo, a ação pode passar a valer em todo o território nacional, desobrigando músicos da inscrição na entidade.

O Acórdão está disponível no site do Tribunal Regional Federal (www.trf3.jus.br). Para quem quiser consultar na íntegra, o número do processo é 2005.61.15.001047-2.